Economia acelera e Brasil tem menor número de desempregados desde 2015

O Boletim Focus, que reúne semanalmente a média de projeções das principais instituições financeiras do país, estima que o PIB cresça 2,1% em 2022. E esse crescimento econômico segue contribuindo para a retomada do emprego no Brasil. 

O IBGE divulgou nesta quarta-feira (31) que o desemprego no Brasil caiu e a taxa de desocupação no país chegou ao menor patamar desde dezembro de 2015.

O que o IBGE apontou

O índice recuou para 9,1% no trimestre encerrado em julho, o menor índice da série desde o trimestre encerrado em dezembro de 2015.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad). 

No levantamento anterior, referente ao trimestre encerrado em junho, a taxa de desemprego estava em 9,3%, atingindo 10,1 milhões de pessoas. Em relação ao início do ano, estava em 11,1%, com cerca de 12 milhões de desempregados, e agora atinge 9,8 milhões.

Já o nível de ocupação (percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) foi de 57%, queda de 1,1 ponto percentual em relação ao trimestre encerrado em abril. Se comparado ao mesmo período de 2021 ,a queda é de 4,1 pontos percentuais.

A quantidade de brasileiros ocupados bateu recorde, de 98,7 milhões, o maior da série histórica, que se iniciou em 2012.

Taxa de desemprego no também caiu e é a menor em 7 anos

O último indicador do IBGE sobre o emprego no Espírito Santo aponta que entre abril e junho a taxa de desemprego registrada foi de 8%.

Segundo o IBGE, o ES tem 2 milhões de pessoas com trabalho e 174 mil sem emprego.

É o menor índice de desocupação no ES desde 2015. Para efeito de comparação, durante o auge da pandemia, no terceiro trimestre de 2020, ele atingiu 14,2%. E, em meio à Grande Crise Econômica que o Brasil viveu entre 2014 e 2016, o ES registrou 14,7% de índice de desemprego.

Luan Sperandio

Luan Sperandio

Luan Sperandio é analista político, cofundador do Instituto Livre Mercado e associado do Instituto Líderes do Amanhã. É ainda podcaster da Gazeta do Povo e colunista do Folha Vitória. Foi eleito Top Global Leader do Students for Liberty.